conteúdo da página

5 de jun de 2015

Pra vocês entenderem...

Oii gente!! Que delicia saber que ainda tenho algumas seguidoras por aqui...

Estou animada novamente para continuar escrevendo, agora estou com tempo e sempre que der apareço por aqui. Não sei como vai ser daqui 1 semana ou talvez 1 mês, mas quando der vou escrevendo, então aproveitem, rsrs.

Bom, como a Tati me perguntou no comentário, e eu realmente nunca expliquei pra vcs o que venho fazer aqui, hoje o post será sobre isso!

Nós viemos a trabalho. Na verdade, meu marido vem a trabalho e eu venho porque acompanho ele, mas trabalho com ele também.

Ele trabalha no ramo automotivo, faz martelinho de ouro, já ouviram falar?
É um serviço manual e artesanal que usa vários tipos de ferramentas e martelos para desamassar a lataria do carro, sem precisar pintar.
Ele trabalha desamassando os carros que foram atingidos pelo granizo.

Aqui na Europa chove muito granizo por conta da mudança brusca do clima: Inverno (muito gelado) e verão (muito quente), e quando esses dois climas se encontram que é mais ou menos no mês de junho acontece as chuvas de granizo. E cai por toda Europa.


Para trabalhar aqui tem que ser legalizado. Aqui não existe aquele jeitinho Brasileiro de ser, se é que vocês me entendem. Ou você faz tudo como manda a lei ou você paga multas altíssimas ou é preso, então as empresas não se arriscam. Para trabalhar tem que ser registrado, e para ser registrado tem que ser Europeu, e essa foi outra luta a parte.

Foram anos correndo atrás de toda papelada e muito investimento para conseguirmos a documentação, e como o serviço era garantido, valia a pena todo esforço.
Enfim conseguimos e hoje temos dupla cidadania! Sou Italiana e Brasileira...



E como conseguimos emprego aqui?!? Muita gente pergunta.

Se não fosse por indicação seria mais difícil, pois não falamos alemão e nem francês que são as principais línguas daqui.
Um anjinho da guarda, o meu tio Wanderlei, que também é martelinho de ouro, trabalha nessa empresa a muitos anos, ele indicou o Gabriel, mas o patrão disse que só seria possível com documentação legalizada, foi ai que começamos ir atrás da papelada e quando conseguimos finalizar tudo estávamos empregados.


 Eu trabalho junto com o Gabriel, mas minha função é fazer o orçamento, a calculação dos amassados. Trabalhamos juntinhos, vejo ele 24 horas por dia, e isso é uma delícia.
Nós conhecemos muita gente nova, formamos uma verdadeira família aqui! E como a maioria é brasileiro de nascença ou coração a gente se entende, tanto na língua quanto na cultura!!
Nossa equipe:

Churrasquinho brasileiro com direito a arroz e feijão...

Muita gente pergunta também se moramos aqui.
Não. Eu moro no Brasil, perto da minha família e de quem amo, não me vejo morando aqui mais do que esse período. Mas considero como um segundo lar, afinal passo 6 meses do ano. Apesar de não ter um lugar fixo para morar, tudo é familiar, quando chego já me sinto em casa...

São mais ou menos 6 meses aqui e 6 meses no Brasil. 
É bastante serviço, pois chove em toda a Europa, e quando acaba em um lugar viajamos para outro, por isso que ano passado conhecemos tantos lugares.
Trabalhamos conhecendo a Europa, nem que seja de dentro de carro, mas só de olhar já vale a pena. 

Aqui o trabalho é cansativo e puxado. Nem todos os finais de semana descansamos, e só tem hora pra começar o trabalho, para parar não tem. 
Semana passada teve um dia que ficaram trabalhando das 8 da manhã até as 10:30 da noite com 15 minutos de almoço e muitos foram dormir sem jantar porque tudo fecha as 10 aqui. Teve outro dia também que viramos a noite viajando e dormimos dentro do carro, chegamos e fomos trabalhar. 
É cansativo, mas é gratificante, é gostoso, porque estou com ele, porque é uma aventura que vivemos juntos, dou forças pra ele e ele me da forças...


Eu não ligo de não ter a mordomia que tenho no Brasil, de não ter uma casa confortável, fazer meus horários, ter o meu trabalho próprio. Sim, eu sinto falta, e muita, mas seria bem pior ter tudo isso e estar sem ele, longe dele e morrendo de saudade, nada faria sentido.
Por mais que seja cansativo, tem outros dias que compensam, lugares lindos que eliminam qualquer cansaço e no final muito história para contar, muita experiencia de vida a dois.

Nessa temporada quero aprender mais, pretendo fazer cursos de fotografia, porque é meu foco quando voltar pro Brasil e aqui oferece muita coisa que não tem no Brasil, então vou aproveitar e voltar pra casa cheia de conhecimento!!

Bom, aqui só tá começando, tem muito chão pela frente, não sei nem como vai ser amanha, eu vejo minha vida como um livro de páginas em branco, e quero encher de histórias!

Finalizo o post deixando o video da nossa temporada do ano passado.
Momentos inesquecíveis para sempre, assistindo esse eu já fico curiosa para saber como será o video do final dessa temporada...(Assistam em HD)

Josy e Gabriel Europa 2014 from Josy Ferreira on Vimeo.

9 comentários:

  1. Que legal Josy! confesso que tinha outra impressão de vc antes de conhecer sua verdadeira história! achei que vcs iam a passeio, legal saber do seu esforço e do seu marido! continuem assim! um apoiando o outro! parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vc voltou pra blogsfera rsrs não nos abandone mais por favor, Bjs Claudia galvão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou me esforçar prometo! Estou conseguindo postar porque estou parada por enquanto, não sei como vai ser quando eu voltar a trabalhar.. Mas vou tentar não abandonar mais.. Um beijo e obrigada por me seguir..

      Excluir
  3. Estava com saudades do blog, sempre que posso dou uma passada por aqui, e é tão bom poder saber um pouquinho mais de você e do Gabriel, que mesmo sem conhecer vocês é como se fôssemos amigas rsrs Que essa temporada seja maravilhosa pra vocês ai. BjuU Thaisa Dutra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii que linda Thaisa, é muito bom sentir esse carinho das minhas leitoras, escrevo com tanto amor. A intensão do blog é de encontrar leitoras que se identificam comigo pra mostrar minhas experiencias e o que eu gosto de fazer para inspirar vocês, e pra quem gosta de viajar é levar comigo mesmo sem vocês saírem de casa. Muito bom saber que nos identificamos. Um beijo e volte sempre, fico muito feliz de saber que você me acompanha.

      Excluir
  4. Oi josy
    Que bom que voltou,Estava com Saudades...rsrs
    Adoro acompanhar o blog
    bjus
    E que essa temporada na europa seja ótima
    sucesso a vc e ao Gabriel tbm

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Josy, queria saber qual editor de video vc usa, pois acho seus videos bacanas! queria fazer uns tambem! beijos
    Talita

    ResponderExcluir